sexta-feira, 8 de março de 2013

Dr. Fantástico ou: Como aprendi a parar de me preocupar e amar a bomba


Dirigido por Stanley Kubrick (diretor de filmes como  “Laranja Mecânica”, “O Iluminado” e “Nascido para matar” ,“2001:Uma Odisséia no Espaço” e uma cambada de outros filmes bons) esse filme que tem o melhor título de filmes na história do cinema,na minha opinião,Dr. Fantástico
(Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb) é um filme Fantástico.Ele é de 1964,já existia filmes em cores,mas ele é em preto-e-branco.
 Sterling Hayden,como General Ripper

O filme fala sobre a paranóia de uma possível guerra nuclear entre EUA e União Soviética.Foi baseado no livro "Red Alert".O General Ripper (Sterling Hayden) fica maluco e ordena ataque à União Soviética,autorizando o “Plano de Ataque R”, que só é usado em ultímo caso. Nesse plano, as comunicações são reprogramadas em outra freqüência e só é acessível com uma combinação de três letras que só Ripper conhece.Essa notícia chega ao presidente americano (Peter Sellers)que faz de tudo para que o ataque não ocorra, pois sabe que se acontecer, a União Soviética revidará e iniciará uma guerra nuclear que destruiria o mundo.

No início do projeto,o filme seria um filme sério,mas o medo real de uma guerra nuclear na época da Guerra Fria fez com que Kubrick optasse por fazer desse filme uma comédia.Precisa ser uma pessoa bem feliz para gargalhar com esse filme hoje em dia.Não o que o filme não seja engraçado,ele é muito engraçado,uma das melhores comédias que existem,mas a gente aprecia as piadas mais pela inteligência delas do que por elas serem engraçadas.A famosa frase "Não podem brigar aqui,é a Sala de Guerra!" e a placa "Paz é a nossa profissão" em meio ao combate sangrento são exemplos de como a ironia e o humor negro são presentes nesse filme.Quando eu assisti pela primeira vez eu demorei para entender  o filme,mas da segunda vez eu encarei o filme como se fosse um jogo em que eu tenho que achar essas piadinhas,que estão presentes até no nome dos personagens,como o General Bat Guano,Major T.J King Kong, Merkin Muffley (esse é uma referencia a gírias sobre as partes femininas).
Tracy Reed a única mulher do filme,como a secretária do General Turgidson.No avião o Major T.J King Kong lê uma Playboy (Junho de 1962) em que ela aparece.

O filme brinca com estereótipos.Os soldados americanos são uns "caubóis" os generais são malucos por poder,os russos são bebados...

É interessante ver que o filme não "Puxa-saco" dos americanos nem dos soviéticos.Pra  mim esse filme é para  a Guerra Fria,assim como "O Grande Ditador" foi para a II Guerra mundial.Mostra que ambos os lados são maníacos por poder e fazem de tudo pra conseguir levar vantagem sobre tudo,mesmo diante do iminente fim do mundo.
Dr Fantástico,O presidente e Capitão Mandrake.Os três são o mesmo ator.

O filme se chama Dr. Strangelove por causa de um  Dr. Maluco,que atua como conselheiro na sala de guerra.Pete Sellers interpretou o Dr. Fantástico.Pete Sellers tambem interpretou o personagem  Lionel Mandrake e o Presidente americano,o único personagem sensato desse filme.Pete Sellers ganhou 1 milhão de dólares (55% do orçamento do filme) para interpretar esses três papeis.Dizem que o Kubrick disse "Paguei 3 pelo preço de 6",mas valeu a pena,muitas das falas de Pete Sellers foram improvisadas.Kubrick gargalhava desse improviso nos bastidores.Outra cena improvisada foi quando o General Turgidson começa a falar andando na sala de guerra,atropeça e se levanta como se nada tivesse acontecido.O ator George C. Scott atropeçou e Kubrick pensou que era um improviso do ator.

George C. Scott,como General Turgidson
Algumas coisas foram cortadas desse filme.O presidente seria atigindo por uma torta,mas o presidente Kennedy havia sido morto há pouco tempo,essa cena seria chocante.O presidente seria meio efeminado,mas Kubrick achou melhor deixar ele ser um personagem sério.O filme tambem mostraria alienígenas observando esse xadrez com o "fim do mundo".

O Presidente ameicano conversando por telefone com o embriagado presidente russo e com o embaixador russo olhando tudo.Por mais sério que o presidente seja,esse diálogo é muito engraçado.
Outra coisa interessante sobre o filme é a Sala De Guerra.Ela é icônica,e grandiosa.Dizem a lenda que quando Ronald Reagan virou presidente e viu que na vida real a Sala de Guerra era apenas uma sala ele se decepcionou.
Sala de Guerra no filme


Sala de Guerra na vida real

Esse filme vale a pena assistir.É um suspense danado saber o que acontece no final do filme,que é espetacular (pra não dizer Fantástico).

Dr. Fantástico,ou Dr Strangelove,ou Dr Estranhoamor em Portugal.Ele claramente representa os cientistas nazistas que foram usados pelos americanos na Guerra Fria.No filme ele parece ter a Síndrome da Mão alheia,que tambem é chamada,por causa desse filme,de Sindrome  do Dr. Strangelove


"We'll meet again, Don't know where,don't know when."
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...