terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Versões femininas dos Heróis.

Eu recentemente fiz uma postagem com as versões femininas de vários personagens dos quadrinhos.A tal da regra 63 que diz que existe uma versão feminina para cada personagem masculino e vice-versa,desenhadas por artistas.Mas nos quadrinhos ,os heróis tem realmente versões femininas.Sejam elas primas,sobrinhas,ou mulheres que seguem o legado do herói,ou até contrapartes de universos paralelos.São inumeras,eu creio que todos os principais heróis tenham suas versões femininas.Abaixo algumas
She-Hulk

She Hulk reclamando com o roteirista.



Jennifer Susan Walters,a prima de Bruce Banner,o Hulk ,ganhou seus poderes após se ferir gravemente num ataque de um mafioso.Como ela estava perdendo muito sangue ,seu primo doou sangue pra ela e passou parte de seus poderes a ela.Diferente de seu primo,ela consegue controlar sua transformação,e até gosta de sua forma transformada.O legal dessa personagem é que ela quebra "a quarta parede" interagindo com o narrador,com os roteiristas,os desenhistas e com o leitor da história.Teve uma história em que ela passou pela página de anuncios para poder chegar ao esconderijo do vilão.


Supergirl e Poderosa
Uma das capas mais tristes das histórias em quadrinhos


A Supergirl já teve várias versões ao longo do tempo,mas a versão principal é que ela é prima do Superman.As vezes ela é uma alienígena de um planeta parecido com o do Superman então ela a adotou como prima.A história mais importante dela foi quando ela morreu para salvar o Superman em Crise Nas Infinitas Terras.Ela já teve seu filme,que era muito ruim.


Existe tambem a Poderosa,que é a Supergirl de um universo paralelo.Ela usa um uniforme completamente diferente,e faz questão de mostrar os peitos.Na verdade,os peitos enormes são a marca dela,tanto que um dos desenhistas dela ,Wally Wood ,uma vez admitiu que estava desenhando os peitos dela cada vez maiores de propósito,até que seus chefes pediram para ele parar.Ela apareceu no desenho da Liga da Justiça,mas como um clone da Supergirl.

Big X-Change
Wolverina é uma velha feia

Num universo alternativo,os X-men mudaram de sexo permanentemente quando iam salvar a humanindade.Só isso.

Natasha Stark

Quem conhece os quadrinhos da Marvel sabe que o Evento Guerra Civil,em que os X-men,os Vingadores,o Quarteto Fantástico ,e outros vários grupos de heróis da editora se dividiram lutaram um contra o outro por causa de uma lei que queria regulamentar o super-heroismo.De um lado estava o Homem de Ferro,Tony Stark e do outro estava Capitão américa,os dois ,mesmo sendo heróis,se tornaram inimigos mortais.Em uma edição,o Reed Richards do Quarteto Fantástico viaja para uma dimensão onde a Guerra civil não aconteceu,porque o Tony Stark é uma mulher,Natasha Stark e se casou com o Capitão América.


Batwoman
Batwoman mostrando na cara do leitor que é literalmente "sapatão"

Muitos conhecem a Batgirl,mas poucos conhecem a Batwoman.Ela apareceu nos quadrinhos pela primeira vez nos anos 50,mas foi banida dos quadrinhos porque achavam que ela era "lésbica demais".Ela voltou reformulada em 2006 e lésbica assumida.Seu nome Kathy Kane é em homenagem a Bob kane,o criador do Batman.


Mulher-Aranha

Jessica Drew,a Mulher Aranha  não tem relação nenhuma com o Homem-Aranha.Ela recebeu seus poderes vindos de um cientista maluco.O Homem-Aranha nunca a processoupor copiar seu nome ,mas ele já se inspirou num dos uniformes dela para criar o seu uniforme negro.Mulher-Aranha já teve seu desenho animado,em que ela tinha poderes como voar. (?)

Mary Marvel



Mary Batson,a Mary Marvel foi uma das primeiras equivalentes femininas (foi criada em 1942)de super-herói.Ela é irmã de Billy Batson,o Capitão Marvel (conhecido como Shazam).Toda vez que ela gritava "Shazam" ela se transformava em uma super-heróina.Seus poderes vinham de deusas gregas e romanas :Vigor de Selene ,Força de Hipólita ,Coragem de Ariadne , Velocidade e voo de Zéfir   Beleza e poder de Aurora e Sabedoria  de Minerva.Ela Durante o evento Contagem Regressiva para a Crise Final, ela teve seus poderes cedidos pelo vilão Adão Negro e passou a usar um uniforme negro e se tornou uma espécie de vilã.

 Terra-11


Batman,visitando a Terra-11

Nessa terra paralela,os gêneros dos personagens da Dc comics tem gêneros invertidos.Então temos Superwoman,Batwoman...e Homem-Maravilha.

Eu ainda vou fazer uma segunda parte para essa postagem.









Super-Heróis Brasileiros

 Já falei sobre Super-heróis negros,agora que tal sobre super-heróis brasileiros?

 Fogo




Fogo e sua amiga Gelo


Fogo (tambem conhecida como Flama Verde)é o alter-ego de Beatriz Bonilla da Costa.Ela é da Dc Comics.foi das equipes Guardiões Globais e Liga da Justiça Internacional.Seus poderes são se transformar totalmente em fogo e ficar nua nua nua.Foi criada em 1979 e ao longo das versões que ela já teve,ela era a presidente da filial brasileira das industrias Wayne (a do Batman) e morava em Brasília.Ela tambem  já foi dos "Espiaos nacionales do Brasil", e musa do carnaval.Ela foi considerada uma das super-heroínas mais bonitas dos quadrinhos.Já falei sobre ela nessa postagem aqui .

Magma



Magma te seduzindo



A X-men Magma ou Ana Julia de Oliveira Aquilla.Ela era de uma civilização descendente de romanos que viviam escondidos na amazônia.Seus poderes ~são de se transformar em magma(ou algo parecido) e ter poderes sobre vulcões.Há uma menção a nacionalidade brasileira dela no desenho X-men :Evolution

Mancha-Solar




Mancha-solar te seduzindo



Outro mutante brasileiro,e com o poder relacionado ao fogo,e com o sobrenome "Da Costa".Roberto da Costa,o Mancha Solar nasceu no Rio de Janeiro e manifestou suas habilidades mutantes pela primeira vez num jogo de futebol.Ele tem o poder de absorver energia solar,supe-força e disparar fogo e energia solar.Tambem apareceu no desenho X-men :Evolution,mas sem muita importancia.

Morcego Verde

Heroismo em ação





Alter-ego do Zé Carioca.Ele é como se fosse um Batman de um bairro do suburbio do Rio de Janeiro e com sérias restrições orçamentárias,(anda de transporte público,se sem pagar passagem) e com menos coragem ,e todos sabem sua identidade secreta.

 Shark -girl


Que sereia





E por ultimo temos Iara dos Santos.Ela tem poderes marítimos,mas não de se transformar numa sereia como o nome sugere.Ela tem o poder de se transformar em uma criatura tubarão.Entrou para os X-men.Ela é do Recife,foi criada recentemente ,ano passado.Eu não tenho essa informação,mas acho que foi algum brasileiro que trabalha na Marvel(tem vários lá) que a criou porque o nome "Iara dos Santos" ficou perfeito e ela ser do Recife,que tem muitos ataques de tubarões.Se ela fosse criada por algum gringo,ela seria da Selva amazônica do Rio de Janeiro,a capital do Brasil.



Eu acho bom que tenham personagens brasileiros nos quadrinhos estrangeiros.É claro que erros comuns e estereótipos vivem aparecendo,mas é engraçado.Se eu criasse um personagem chinês com certeza estaria cheio de erros e misturando ele com coisas japonesas,coreanas e colocando ele com sobrenome "Chang",assim como os estrangeiros colocam os brasileiros misturando com coisas de outros países latino-americanos e colocando o sobrenome "da costa".

Só não entendo essa cisma em ter poderes relacionados a fogo,calor, etc.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Escritor da Depressão

Existe uma Fã-page de humor no Facebook chamada "Escritor da Depressão" ela reúne piadas,observações,ironias da vida de pessoas que querem ser escritores.


P.S. Não sei o porquê do bicho










quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Bonnie e Clyde - Uma Rajada de Balas

"Nós roubamos bancos"
Bonnie e Clyde ,o filme
Bonnie e Clyde (1967)  foi um filme revolucionário.Realmente mudou a história do cinema americano.Ele veio pra polemizar e mudar com tudo mesmo.Isso porque até aquela época em Hollywood havia uma especie de hiper-censura,e certos temas,certas cenas não podiam aparecer nos filmes.Isso deixava os diretores de cinema como meras marionetes dos grandes estúdios,o que limitava muito os diretores e pouca gente se arriscava a entrar nessa carreira.Na Europa por exemplo,não havia essa censura e os diretores eram autores dos filmes,e experimentavam coisas novas,linguagens novas e houve uma explosão de criatividade por lá.

 
Bonnie e Clyde reais

Com o fim do código,o idealizador do filme ,Warren Beatty e o diretor Arthur Penn,inspirados na Nouvelle vague,o estilo francês de cinema dos anos 60 em que a história do filme era contada de forma não convencional e totalmente amoral.Ele tambem se baseou no estilo dos filmes do japonês Akira Kurosawa(que misturavam tinha violência e humor negro) criaram esse filme.Ele seria filmado em preto-e-branco,mas a Warner Brothers rejeitou.Na verdade a Warner Brothers não levou muita fé nesse filme,que foi lançado como se fosse um filmezinho qualquer,os críticos diziam que era um filme ruim,mas o enorme sucesso provou se o contrário.
Bonnie

Faye Dunnaway como Bonnie.Essa boina que ela usa virou moda após o filme.

O filme,baseado em fatos reais,conta a história do casal  Bonnie Parker e Clyde Barrow,assaltantes que se tornaram famosos durante a Grande Depressão(lá pelos anos 1930) nos EUA,uma espécie de Lampião e Maria Bonita gringos.Quanto mais eles assaltavam,mais famosos ficavam.Bancos se orgulhavam de serem assaltados pelo casal,policiais disputavam para ser quem prenderia(ou mataria ) a dupla.É claro que no filme,eles foram apresentados de maneira mais romanceada.Ah...os dois morrem no final do filme.Não considero spoiler,porque isso aconteceu na vida real.

Os reais Bonnie e Clyde tem muitas fotos porque eles viajavam pelos EUA roubando bancos com uma câmera fotográfica
Bonnie e Clyde começou a polemizar aí.Os críticos disseram que esse filme glorificava a violencia,colocando bandidos como heróis.Outra coisa polêmica foi mostrar a violencia assustadora com se fosse uma coisa legal,com muito humor (as vezes a beira do pastelão).Claro que isso sempre existiu,mas com os avanços tecnológicos da época, as cenas de pessoas sendo mortas a tiros pareciam tão reais que chocou muita gente.Além desse lado,teve a polemica da sensualidade,que nunca havia sido abordada antes num filme americano como foi em Bonnie e Clyde,como as cenas em que o Clyde mostra que tem impotencia sexual.

Eles são jovens,eles se amam,  e eles matam pessoas.
Esse filme fez com que  Warren Beatty (que tambem é protagonista do filme,primeira vez na história um ator que também produzia o filme.) como um grande realizador em Hollywood e lançou ao estrelato Faye Dunaway e Gene Hackman, deu o Oscar de melhor atriz coadjuvante a Estelle Parsons e o de melhor fotografia a Burnett Guffey entre as dez indicações que recebeu, cinco delas para atores (Beatty e Dunaway na categoria principal e Hackman, Parsons e Michael J. Pollard como coadjuvantes).Até  Gene Wilder(o Willy Wonka) fez uma breve aparição nesse que foi seu primeiro filme.
Warren Beatty,idealizador do filme e protagonista.A Warner achava que o filme seria descartável ,então por isso ele ganharia  40% dos lucros do filme,ao invés de ganhar um salário comum de ator.Após seis anos, de sucesso nos cinemas Warren Beatty ficou milonário

Eu gosto desse filme porque ele aborda de forma humana o casal,como se conheceram,a química entre eles,a evolução ao longo do tempo,as suas diferenças.É legal ver a Bonnie toda deslocada com a família do Clyde, e ver como o crime interfere em sua vida amorosa.Uma outra coisa que faz com que eu admire esse filme é a precisão dos fatos históricos,até coisinhas triviais.Claro que tem vários erros e várias coisas que tiveram que ser adaptadas para poder caber no filme ,como o personagem C.W. Moss,parceiro do casal,nunca existiu,ele foi a mistura dos vários parceiros que o casal já teve.


Esse foi realmente um grande filme,que influenciou muita gente a ser cineasta.A cena clássica da morte de Sonny em Poderoso chefão foi inspirada na cena da morte de Clyde.
Morte de Clyde

Morte de Sonny


Vale a pena assistir o filme,mesmo hoje em dia quando a violencia já foi banalizada nos filmes.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...