quarta-feira, 11 de julho de 2012

Todas as séries animadas do Homem-aranha


Eu queria fazer uma postagem como essa há algum tempo,mas como precisava pesquisar muito,e quase ninguem lê o meu blog,deixei pra lá.

Mas aí me deparo com essa maravilhosa postagem do blog http://marvelouco.blogspot.com.br/ dono do Twitter que eu rio muito,o https://twitter.com/HeroisDepre eu pensei "tenho que copiar"

Tudo abaixo da linha foi escrito por ele,todas as opiniões são dele,embora eu concorde que o Penultimo desenho do homem-aranha seja o melhor de todos.

Puxa ,eu nem sabia que existia tantas séries animadas do "cabeça de teia"

*UPDATE:veja tambem: Todas as séries animadas do Super-homem 


Spider-Man: O inesquecível desenho dos anos 60

A estreia do Homem-Aranha em versão animada rolou em 9 de setembro de 1967 e durou até 1970. Foram três temporadas de muito sucesso, uma com 40 episódios, outra com 20 e a última com 19. A produção ficou a cargo da Gratay & Lawrence. O orçamento para o desenho não era dos menores, mesmo assim houve muita economia na animação. Exemplo disso é o reaproveitamento de cenas em que o Aranha pendura-se nos arranha-céus ou a falta de teias em partes do uniforme do herói.


De vantagem, a série teve o cuidado de aproveitar à risca os conceitos das histórias criadas por Stan Lee e Steve Ditko. Aliás, o próprio John Romita - na época o desenhista oficial da versão em quadrinhos - deu uma ajudinha na supervisão do projeto. Outra preciosidade é a música-tema, lembrada até hoje seja na versão original, ou na criada pelo grupo Ramones. Quem não se lembra, né? Spider-Man, Spider-Man... Does whatever a spider can 


Com isso, essa primeira incursão do Homem-Aranha na TV costuma ser lembrada com muito carinho pelos fãs. Uma curiosidade: a dublagem brasileira do primeiro desenho do Aranha usava os nomes dos personagens em português! Assim, Peter Parker virou Pedro Prado; Tia May virou Tia Maria e J. Jonah Jameson virou J. Jonas Jaime. Como a coisa não pegou, os nomes voltaram ao original depois de alguns episódios.

  
Spider-Man and His Amazing Friends: Fazendo amigos nos anos 80
Longe da animação desde os anos 60, na década de 1980 o Homem-Aranha ressurgiu em dois desenhos produzidos quase que simultaneamente. O primeiro, Spider-Man (1981-1982), era uma repaginação da animação de 1967 em 26 episódios.

Houve também outro desenho, Spider-Man and His Amazing Friends (1981-1982), com abordagem bem diferente dos anteriores e dos quadrinhos. Os treze episódios entraram na grade de programação da NBC. Já estudante universitário, Peter Parker morava com o x-man Homem de Gelo e a Estrela de Fogo na casa da Tia May, que invariavelmente ficava de babá para a srta. Leoa, totó da Estrela de Fogo. 
Ao acionar uma alavanca secreta, a sala virava um superlaboratório de dar inveja ao Batman. O trio lutava contra o crime, muitas vezes em parceria com outros heróis Marvel, comoCapitão América, Homem de Ferro e os X-Men (com a primeira aparição animada da formação de Chris Claremont).
Spider-Man: O desenho amado e odiado
Curiosamente, o Peter Parker dessa animação foi baseado nas feições de Nicholas Hammond, o Aranha da série dos anos 70. Não se sabe o motivo da homenagem, visto que Hammond sempre foi malvisto pelos fãs. A série foi a mais longa e abrangente animação do herói, durando quatro temporadas (1994-1997) e 67 episódios - perdeu em volume de histórias apenas para X-Men, da mesma época.
Várias sagas dos gibis foram contadas na TV, nem sempre com fidelidade. Um dos episódios foi baseado na clássica HQ A Morte de Gwen Stacy, só que a loirinha foi substituída pela contemporânea Mary Jane que, é claro, não morreu no final. Em vez disso, foi lançada em outra dimensão. Além da falta de Gwen, outro personagem que não marcou presença na série foi o Homem Areia, o motivo ninguém sabe, afinal o Aranha enfrentou todos seus principais vilões no desenho, menos ele. Uma curiosidade: o último episódio foi super polêmico, pois contou com a participação do próprio Stan Lee, em que o Homem-Aranha agradece o quadrinista por tê-lo criado. Hein?
Spider-Man Unlimited: Homem-Aranha sem limites MESMO
Próximo à virada do século, em 1999, o Cabeça de Teia ganhou uma versão futurista. No novo desenho Homem-Aranha - Ação Sem Limites, o herói ganha um uniforme high-techcriado por Reed Richards e luta contra os Bestiais, seres geneticamente alterados pelo cientista Alto Evolucionário. A série se passa na Contra-Terra, um universo paralelo onde também há novas versões de inimigos clássicos, como o Duende Verde.

Desta vez, o público televisivo não foi tão generoso e ignorou o Aranha futurista, que amargou meros 13 episódios exibidos pela Fox Kids
  

Spider-Man - The New Animated Series: O Aranha digital
Pegando onda no sucesso do primeiro filme do herói, foi lançado em 2003, Homem-Aranha: A Nova Série Animada, projeto totalmente em computação gráfica que durou 13 episódios exibidos pela MTV americana. As imagens receberam o tratamento de uma técnica chamadacel shading, que faz com que um desenho de computador pareça ter sido feito à mão. O recurso virou moda em videogames do início da década.

Spider-Man - The New Animated Series contou com a produção executiva do mestre Brian Michael Bendis (roteirista do gibi Ultimate Spider-Man) e seguia mais ou menos a continuidade do filme de estreia de Sam Raimi. A diferença principal era que Peter Parker seguiram com o namoro, e Tia May só era vista em fotos. Após a formatura no colégio, o casal e Harry Osborn (que aparecia loirão) cursam a faculdade e se envolvem com vilões como ElectroRei do CrimeLagartoKraven e Silver Sable, além de personagens inéditos. No episódio com o Rei do Crime, ele tem a mesma aparência do filme doDemolidor e é, inclusive, dublado pelo mesmo ator, Michael Clarke Duncan. A voz do Aranha é de Neil Patrick Harris, de Tropas Estelares e da série How I Met Your Mother.

The Spectacular Spider-Man: O melhor do melhor
Após o fracassado Homem-Aranha 3, em 2008 a Marvel confiou à Culver Entertainment a produção de um novo desenho animado do Teioso. Assim, foram escalados os produtores e roteiristas Greg Weisman e Victor Cook para bolar uma nova animação pro canal americano The CW. A dupla buscou influências nas primeiras HQs do herói, colocando novamente o Aranha como um garoto de 16 anos, mas que já era o Aracnídeo havia um tempo, e sem tanto o peso da morte do Tio Ben. Devido ao estilo mais retrô, o desenho ganhou os traços do ilustrador Sean Galloway, cartunizados assim como eram os traços de Steve Ditko nos anos 60.

Pra mim, foi o melhor desenho animado do Homem-Aranha, mas apesar do sucesso, das piadinhas e das cenas de ação que tiravam o fôlego, a série acabou cancelada após duas temporadas e 26 episódios, foi quando a Marvel foi comprada pela Disney.
Ultimate Spider-Man: Ultiverso em foco
Depois de três anos sem dar o ar da graça na TV, estava mais que na hora do Homem-Aranha ganhar um novo desenho. E assim foi feito! Agora em 2012, o canal Disney XDestadunidense nos trouxe o hilário Ultimate Spider-Man. Só pelo nome já dá pra sacar que a animação é baseada nas HQs do Homem-Aranha Ultimate, publicadas desde 2000 com roteiros do já aqui citado Brian Bendis - que inclusive é um dos roteiristas da nova série. Há ainda o envolvimento do quarteto brilhante Man of Action, os criadores do Ben 10, formado por Steven T. SeagleJoe CaseyDucan Rouleau e Joe Kelly, além da ilustre presença de Paul Dini, um dos responsáveis pelo sucesso de Batman: The Animated Series e roteirista do He-Man nos anos 80.

Como nos gibis de Bendis, o Homem-Aranha desse desenho é um adolescente inexperiente, sempre piadista, rodeado de vilões barra-pesada e que sempre leva bronca da SHIELD que exige o treinamento do rapaz. Drake Bell (do seriado Drake & Josh) é quem dubla o Peter Ultimate. O elenco de dublagem ainda conta com J.K. Simmons, que retorna para o papel de J.J. Jameson, e Stan Lee, que dubla Stan, o Zelador, uma homenagem ao criador do herói. Nos EUA, Ultimate Spider-Man estreou no dia 1º de abril, e deve contar com 26 episódios nesta primeira temporada. Aqui no Brasil ainda não há previsão de estreia da animação.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...