sábado, 30 de abril de 2011

Os melhores assassinos do cinema

Essa Lista não é minha eu copiei do Blog Plano B http://www.jaderplanob.com/2011/04/os-melhores-assassinos-do-cinema.html


10. Agente Smith
(Hugo Weaving em Matrix, Matrix Reloaded e Matrix Revolutions)
Smith é um Agente, uma manifestação da inteligência artificial no mundo da Matrix, com poderes extraordinários para manipular o seu ambiente (como força sobre-humana,desafiar a gravidade e rapidez para se desviar de balas).
Por que? Ele é o único que desafia - de verdade - o Neo. Por mim isso já basta.


9. Freddy Krueger
(Robert Englund em A Hora do Pesadelo 1-6)
Freddy Krueger é o personagem da franquia A Hora do Pesadelo. Ele, quando vivo, abusava e matava constantemente crianças nos arredores da rua Elm. Quando foi apanhado, foi queimado vivo pelos pais das crianças na caverna da sua própria casa na sua caldeira, daí o seu visual queimado. Após a sua morte, voltou através dos sonhos dos filhos daqueles que o queimaram, em busca de vingança.
Por que? Primeiro que ele consegue controlar os sonhos das pessoas e matá-las durante o sono, segundo por que ele é o personagem mais temido da nossa infância.


8. Jigsaw
(Tobin Bell na franquia Jogos Mortais)
Jigsaw é o serial killer da franquia Jogos Mortais. Seu aspecto mais marcante é o fato dele sempre dar opções às vítimas, sendo morrer ou viver, isto vai fazer com que as vitimas dêem valor há vida. Por isso ele não aceita que o chamem de assassino, já que na própria visão não mata ninguém.
Por que? Jigsaw é extremamente inteligente, ele prevê todas as situações possíveis e prepara suas armadilhas em função disso.


7. Hannibal Lecter
(Anthony Hopkins, personagem aparece em O Silêncio dos Inocentes, Dragão Vermelho, Hannibal e Hannibal - A Origem do Mal)

O Dr. Hannibal Lecter, é o canibal mais famoso dos cinemas. Aos 6 anos de idade, Lecter passou por vários acontecimentos traumáticos de grande intensidade. Isso (apresentado no filme "Hannibal - A Origem do Mal") culminou para o destino de um dos maiores assassinos da história do cinema.
Por que? Anthony Hopkins é o símbolo do medo e do terror como Hannibal. O filme - e o personagem - são tão "fodas" que até o elenco - e o criador do personagem - discordavam sobre os rumos da trama.


6. Ghostface
(Voz de Roger L. Jackson franquia Pânico)
Ele é o assassino em série dos filmes da franquia Pânico. Seu "modus operandi" é ligar para a vítima antes de mata-las. Ele ataca e mata a pessoa esfaqueando-a por completo, usando uma faca totalmente afiada, roupas pretas e uma máscara de fantasma. Ghostface é uma mistura de Fantasma com Ceifador Sinistro.
Por que? O mais legal do Ghostface - não posso me empolgar - é que sempre são assassinos diferentes e sempre por bons motivos. Ainda mais que ele fez a nova safra, do terror nos cinemas, aparecer com tudo. Claro que hoje não está uma beleza, mas...


5. Anton Chigurh
(Javier Bardem em Onde os Fracos Não Tem Vez)
Anton Chigurh é assassino cruel que não tem remorso ou qualquer compaixão pelos seres humanos. Ele é descrito por alguns personagens do romance como um "assassino psicopata". Sua principal arma é uma pistola de dardo cativo que usa para matar suas vítimas, quer ou destruir fechaduras de cilindro nas portas.
Por que? Ele ganharia a primeira posição se o quesito fosse "mais estranho" ou "com o pior cabelo", mas - brincadeiras a parte - ele é um assassino excepcional. Sem remorço, sem compaixão. Javier Bardem deixou de lado sua pinta de galã e foi direto no âmago do personagem.


4. Elle Driver
(Daryl Hannah em Kill Bill)
Ela é uma das assassinas que trabalha para o Esquadrão de Extermínio das Víboras Mortais, comandado por Bill. O codinome dela é Cobra Californiana. Dentre os assassinos do esquadrão, ela é a única que pode ser considerada verdadeiramente perversa.
Por que? Ela matou o Pai Mei!


3. Norman Bates
(Anthony Perkins em Psicose)
Norman é dono de um motel de estrada deserto e cuida da mãe, que nunca o deixa se relacionar com outras mulheres, talvez pelo medo de perder o filho para uma moça qualquer. Só que o rapaz se importa, e muito, a ponto de fazer qualquer coisa para que a polícia não descubra um crime que sua mãe cometeu em um passado recente.
Por que? O personagem é brilhante e extremamente profundo, com seu olhar cínico e seu "carisma", não tem como não nos identifiquemos com ele.


2. Michael Myers
(Tony Moran na franquia Halloween)
Ele não fala, não chora, não sorri, não pára! Michael Myers é o maior dos assassinos porque seu desejo de matar é simplesmente indecifrável. Seu rosto foi trocado por uma máscara branca inexpressiva que ele mesmo confeccionou ao passar sua adolescência num hospício depois de assassinar sua irmã mais velha. Um belo dia, Michael fugiu e no aniversário de sua outra irmã (16 anos) iniciou um dos maiores massacres cinematográficos causando uma súbita perda de amigos e vizinhos que andavam na companhia de sua irmã. Por que? Michael já foi baleado, queimado, congelado, afogado e até mesmo decapitado, mas nada o impede de retornar a vida para acabar de uma vez por todas com seus familiares sobreviventes. Por que? Não tem porquê, é simplesmente Halloween.


1. A Noiva
(Uma Thurman em Kill Bill Vol. 1 e 2)
A Noiva é uma perigosa assassina, que trabalha em um grupo liderado por Bill. Ela está prestes a se casar, mas no dia de seu casamento seus companheiros de trabalho se voltam contra ela, que fica 5 anos em coma, até despertar com um único desejo: Vingança.
Por que? Pra mim - e para mais uma legião - Uma Thurman é a melhor assassina do cinema! Ela estava praticamente morta, mas - após 5 anos - conseguiu reunir forças e matar todo mundo que quis destruí-la.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...