quinta-feira, 28 de abril de 2011

As Personagens Femininas Mais Marcantes do Cinema

Essa lista não é minha eu tirei do blog Monalisa de Pijamas
Fonte : http://www.monalisadepijamas.com.br/monacine/as-personagens-femininas-mais-marcantes-do-cinema

Listas nunca são fáceis de conceberem, tampouco justas. A escolha das 10 personagens abaixo, distribuídas ao longo de mais de 100 anos de história do Cinema, demandou muita pesquisa, além de levar em conta a opinião de grandes cinéfilos em quem confio. No final, serviu como principal critério a personagem ser 100% ficcional, além de ser importante tanto para a época em que o filme foi exibido como para a história do Cinema como um todo.



Scarlett O’Hara: Vivien Leigh em O Vento Levou (1939)


Fala: “Eu juro por Deus que não passarei fome novamente!

Com sua beleza pura e ar casto, Scarlett eternizou no cinema a figura da heroína sofredora, fazendo uma mocinha no início fútil e mimada, mas que com os horrores da guerra civil norte-americana acaba amadurecendo depois de passar pelo sofrimento da pobreza e da fome.



Gilda: Rita Hayworth em Gilda (1946)


Fala: “Claro! Eu estou decente…

Considerado um dos ícones mais sexys do século 20, a sensual Gilda foi o papel mais marcante de Rita Hayworth, uma das poucas atrizes que foi bem sucedida na transposição do cinema mudo para o falado.



Norma Desmond: Gloria Swanson em Crepúsculo dos Deuses (1950)


Fala: “Ok, Senhor DeMille, estou pronta para meu close-up.”

Um caso em que fica difícil distinguir quem é a personagem e quem é a intérprete, pois Gloria Swanson , uma já esquecida atriz do cinema mudo, acaba interpretando uma personagem que reproduz com maior exagero o sofrimento de ser esquecida pela indústria cinematográfica.



Holly Golightly: Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo (1961)


Fala: “É verdade. Eu sou louca por diamantes!

Criada pelo famoso escritor norte-americano Truman Capote, a garota de programa Holly possui um visual clássico até hoje copiado pelas mulheres, tanto no cabelo em coque, maquiagem leve ou vestido “pretinho básico” com colar de pérolas brancas.



Maria: Julie Andrews em A Noviça Rebelde (1965)


Fala: “As montanhas estão vivas com o som da música.”

Durante a época do nazismo, a noviça Maria, que não consegue acatar a rigidez de seu convento, acaba indo trabalhar como governanta de um viúvo que possuí sete filhos, conquistando o amor destes e de seu patrão.



Barbarella : Jane Fonda em Barbarella (1968)


Fala: “Meu nome não é tão bonito, é Barbarella.”

Polêmica, Barbarella é uma personagem com sensualidade transcendente que usa a beleza e outras armas para derrotar os inimigos em uma trama de ficção científica, exibida justamente em uma época em que o movimento feminista lutava por direitos iguais.



Princesa Léia: Carrie Fisher na Trilogia Star Wars (1977-1980-1983)


Fala: “Será tão bom quanto beijar um Wookiee.

Rompendo totalmente com o estereótipo da mocinha dependente, Léia lidera os rebeldes contra o movimento de dominação da galáxia pelo temido Império, ao mesmo tempo em que protagoniza um caso de amor e ódio com o cafajeste Han Solo, interpretado por Harrison Ford.



Ellen Ripley: Sigourney Weaver na Quadrilogia Alien (1979, 1986, 1992, 1997)


Fala: “Saia daqui, sua vaca!

A frase é dita por Ripley para a Alien-mãe, que insiste em reproduzir seus filhotes instaurando um legado de terror a humanidade. Em alguns momentos Ripley se mostra “macha”, mas acaba durante a quadrilogia também se apresentando com um ar sexy e maternal.



Trinity: Carrie-Anne Moss na Trilogia Matrix (1999-2003)


Fala: “Me toque e esta mão nunca mais tocará em nada.”

Simbolizando a santíssima trindade das religiões cristãs, Trinity é a perfeita heroína ao lado do também herói Neo, lutando bravamente para que a escravidão dos homens pelas máquinas termine, sem infelizmente poder desfrutar totalmente do seu amor pelo Escolhido.



Beatrix Kiddo / A Noiva: Uma Thurman em Kill Bill vol 1 e 2 (2003-2004)


Fala: “Eu vou matar Bill!

Como uma leoa ferida que tem seu filhote usurpado, A Noiva parte em busca dos que lhe causaram dor e lhe tiraram sua filha. Movida durante toda a trama por um grande desejo de vingança, ele tira a vida de tudo e todos a sua frente em prol do cumprimento de sua missão.




Se você acha que faltou alguem aí , sugira nos comentários

3 comentários:

Nihil Lemos disse...

Shosanna Dreyfus interpretada por Emmanuelle Mimieux. Ela me marcou muito tambem, mas Scarlett O` Hara foi imbativel.

Paulo Cheng disse...

Cara, excelente lista de atrizes. Excelentes atuações, memoráveis.

Muito bom tuas postagens sobre cinema, parabéns.

Lillo G. disse...

ASSISTI TODOS OS FILMES DE ALIEN,COM SIGOUREY WEAVER,EKILL BILL 1 E 2. MUITO BONS.


http://thebigdogtales.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...