terça-feira, 3 de novembro de 2009

osrucsiD

Antes que vcs achem que eu fiquei doido,o titulo da postagem tá ao contrário por que durante esse mes de novembro as postagens terão o título escrito de trás pra frente.O motivo?talvez por que eu fiquei doido!


Uma das cenas mais emocionantes e memoráveis do cinema,é o discurso final de Charles Chaplin no filme o Grande ditador.Foi feito em 1940,na época da Segunda guerra mundial e satirizava o Nazismo e o fascismo.


A história é de um barbeiro judeu da ficticia Tomânia,fica em coma por 20 anos ,após salvar um soldado chamdo Schultz na primeira guerra mundial.Durante esses 20 anos,a Ale...Tomânia, passa por mudanças politicas,com a chegada de um ditador chamado Adenoid Hynkel (interpretado tambem por Chaplin).Esse ditador persegue os judeus.

Enquanto isso,ao longo dos anos,Schultz recebe varias promoções no exercito e se torna general,mas como ele é contra o massacre dos judeus ele e seu amigo ,o barbeiro judeu e todos os judeus planejam tirar Hynkel do poder,mas Scultz e o barbeiro são presos.

Hynkel,junto com o ditador da Bactéria, Benito Napaloni(clara referencia a Benito Mussolini) planejam invadir a terra de Osterlich(referencia a Austria, cujo nome em alemão é Österreich).Hynkel fica tão obcecado com o poder que planeja dominar o mundo.Tem até uma novela da Globo,O dono do mundo,de 1991 que usou uma cena do filme na abertura.


Schultz e o barbeiro Judeu conseguem escapar vestidos de soldados.Como o barbeiro judeu e o ditador são muito parecidos(afinal são interpretados pelo mesmo ator)os soldados da Tomânia acha que ele é o ditador Hynkel e mandam ele discursar.Ao mesmo tempo, Hynkel é preso pelos seus próprios soldados que acreditam que se trata do barbeiro.

O barbeiro Judeu dá o discurso mais emocionante da história do cinema,mandando os soldados pararem de invadir Osterlich onde estava Hannah,o grande amor do Barbeiro.


Se quiser ouvir o discurso veja o video,se quiser ler,clique aqui


Esse foi o primeiro filme falado de Charles Chaplin,ele odiava o fato de o som ter entrado no cinema.Na propaganda do filme diziam:"Chaplin tem algo a dizer" e o que ele disse foi incrivel.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...