sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

alan smithee

Alan Smithee, o mais célebre pseudónimo dos filmes que ninguém quer assinar, foi posto de parte pela indústria americana. Para o substituir, nasceu Thomas Lee.Alan Smithee é - ou era - uma das mais desconcertantes invenções da indústria cinematográfica americana. Com uma filmografia vasta, de facto, Alan Smithee nunca existiu: foi um pseudonimo criado para que os cineastas pudessem assinar os filmes cuja paternidade não queriam assumir.Agora, foi anunciada a sua morte: o nome de Alan Smithee vai deixar de ser utilizado, mas um novo «realizador-sem-identidade» já surgiu para o substituir - Thomas Lee.O desentendimento entre um realizador e um produtor, uma montagem que alterasse completamente a estrutura inicial de um filme, ou os desastres provocados por uma estrela caprichosa - tudo se podia resolver com o «anonimato» concedido pelo sempre disponível Alan Smithee.Um exemplo? Em 1990, Richard Sarafian dirigiu Solar Crisis, uma aventura de ficção científica com Tim Matheson, Charlton Heston, Peter Boyle e Jack Palance. À banalidade dos resultados somaram-se desentendimentos vários... Resultado: a filme directed by Alan Smithee.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...