terça-feira, 24 de julho de 2007

007 -parte 3 -Roger Moore


Sir Roger George Moore (Londres, 14 de Outubro de 1927) é um ator britânico. Ficou célebre por interpretar o famoso agente secreto James Bond por sete vezes no cinema, substituindo Sean Connery. Para muitos fãs, Moore encarnou o personagem melhor do que Connery, até mesmo por ter atuado mais vezes no papel, por 14 anos. É, desde 1991, embaixador da UNICEF, e por suas ações humanitárias foi condecorado, em 1999, Cavaleiro do Império Britânico pela Rainha Elizabeth II, recebendo o título de Sir Roger Moore.
Moore havia sido cogitado pelos produtores da série Bond para encarnar o papel de 007 antes de Coonery, sendo inclusive preferido pelo autor da série, Ian Fleming. Contudo, por questões contratuais, não pode assumir o papel, adiando sua entrada na série alguns anos. Posteriormente, mesmo sendo mais velho do que Connery, após a saída de cena do actor escocês do universo oficial de Bond - embora este viesse, mais tarde, a regressar no espúrio filme "Nunca Mais Outra Vez" -, foi o escolhido para o substituir. Foi capaz de trazer à série um tom mais "light" e humorista, embora, por isso mesmo, algumas das suas interpretações ficassem mais marcadas pelos exageros dos anos 70: "O Foguete Da Morte", "O Homem da Pistola De Ouro". No final da sua participação na série Bond, regressou a horizontes mais sóbrios e ponderados: "Somente Para Seus Olhos", "Na Mira Dos Assassinos ". De facto, em termos gerais, na interpretação de Moore, o humor sarcástico, a ironia e a sempre elegante pose marcaram a sua versão de Bond. Seus filmes foram os que mais trouxeram lucros para a série até à data que foram surgindo, tendo somente sido superados pelos que lhe sucederam. Moore abandonou o papel aos 57 anos, em 1985, com o filme "A View to a Kill". Contudo, muitos fãs consideravam que ele ainda devia permanecer na série, pois para vários deles a imagem de Bond é imediatamente associada à de Moore
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...